Capote alentejano

capote alentejano

Qual a importância do capote alentejano?

Assim, o capote alentejano, que sempre teve os seus incondicionais, voltou a ganhar os favores de alguns cidadãos desta terra, que, usando-o, vão mantendo viva uma tradição secular.

Quem é o pai dos capotes alentejanos?

Foi o pai, Isidro M. Alpedrinha, que iniciou a produção dos capotes alentejanos em Santa Eulália e José Alpedrinha mantém o nome da confeção que corresponde às iniciais do nome do pai.” É no primeiro piso que funciona a fábrica.

Como é a produção de capotes alentejanos no concelho de Elvas?

No entanto, em Santa Eulália, no concelho de Elvas, são mais fiéis à tradição. Rosária Grilo refere que recorrem a materiais e técnicas de produção ancestrais. “Praticamente capotes alentejanos genuínos só encontra aqui porque continuamos a trabalhar com o burel original e só com golas naturais. Não fazemos nada sintético. Também as cores.

Quais são as melhores opções para os seus capotes?

O Mundo da Equitação tem várias opções para os seus Capotes: em lã ou burel, com gola de pele de borrego ou de raposa ou de fazenda. Mítica é já a fábrica de Santa Eulália que já deu Capotes a dezenas de celebridades, na Rua Dr Theotónio Pereira.

Quem é o capote alentejano?

Capote alentejano – um dos ícones do Alentejo faz parte do programa da Antena1, Vou Ali e Já Venho, e a emissão deste episódio pode ouvir aqui. Pare, Escute e Olhe. Vai passar o Rail Bike 30 paisagens naturais incríveis para descobrir em Portugal.

Qual é a importância do Cante Alentejano?

Para Cavaco Silva, é “essencial preservar esta poética e riqueza musical e assegurarmos a sua transmissão às próximas gerações”, sublinhando que o cante é” a marca e um sinal de um povo”, assim como “a expressão mais genuína e autêntica da sua identidade”.

Por que os capotes são tão importantes para os pastores?

Quando José Saramago foi a Estocolmo receber o Prémio Nobel da Literatura utilizava um dos capotes cortados pelas mãos experientes de José Alpedrinha. Nos últimos 20 anos, os capotes que anteriormente eram para uso dos pastores nos dias invernosos tornaram-se um símbolo de estatuto.

Quais são as características do Alentejo?

É um canto executado em grupo e sem instrumentos, centrado em valores da alma do povo e reconhecido pelo seu andamento lento e a existência de pausas. Nele distinguem-se sempre 2 vozes solistas que vão alternando com um coro, no qual também participam.

Qual a diferença entre capote alentejano e Capote artesanal?

Para que se veja a diferença, um capote alentejano de Santa Eulália costumava pesar à volta de 4,5 quilos e hoje não chega aos 3 quilogramas. A diferença está no método de tecelagem. Os pequenos teares artesanais foram substituídos por outros industriais e o fio já não sai tão grosso.

Quem é o pai dos capotes alentejanos?

Foi o pai, Isidro M. Alpedrinha, que iniciou a produção dos capotes alentejanos em Santa Eulália e José Alpedrinha mantém o nome da confeção que corresponde às iniciais do nome do pai.” É no primeiro piso que funciona a fábrica.

Qual é a origem do Capote?

A origem do capote perde-se na memória dos tempos. Sabe-se que abrigou o contingente de soldados alentejanos que marcaram presença na 1ª Guerra Mundial, conta-nos: “não era bem o capote que nós temos hoje em dia, mas era muito igual”. Mas a fama chegou-lhe através dos pastores.

Quais são as melhores opções para os seus capotes?

O Mundo da Equitação tem várias opções para os seus Capotes: em lã ou burel, com gola de pele de borrego ou de raposa ou de fazenda. Mítica é já a fábrica de Santa Eulália que já deu Capotes a dezenas de celebridades, na Rua Dr Theotónio Pereira.

Postagens relacionadas: