Festa da castanha

festa da castanha

Quando começa a castanha no Brasil?

Mas, a castanha é muito popular em muitas outras regiões do país. Durante os meses de outubro e novembro, multiplicam-se iniciativas por todo o país.

Como é a rota da castanha em Portugal?

Venha com a Goodyear conhecer a Rota da Castanha em Portugal. Em Portugal, a produção de castanha é mais rica na região de Trás-os-Montes, nomeadamente em alguns concelhos dos distritos de Vila Real e Bragança. A cultura está ecologicamente adaptada e já recebeu a Denominação de Origem Protegida (DOP) Castanha da Terra Fria.

Qual a importância das castanhas para a gastronomia?

Durante a Idade Média, nos mosteiros e abadias, monges e freiras utilizavam frequentemente as castanhas nas suas receitas. Por esta altura, a castanha, era moída, tendo-se tornado mesmo um dos principais farináceos da Europa . Com o Renascimento, a gastronomia assume novo requinte, com novas fórmulas e confecções.

Como os romanos utilizavam a castanha?

Os romanos incluíam a castanha nos seus banquetes. Durante a Idade Média, nos mosteiros e abadias, monges e freiras utilizavam frequentemente as castanhas nas suas receitas. Por esta altura, a castanha, era moída, tendo-se tornado mesmo um dos principais farináceos da Europa .

Qual a origem da castanha?

1 Nome popular da fruta: Castanha do brasil (castanha do pará, castanha da amazônia). 2 Nome científico: Bertholletia excelsa H.B.K. 3 Origem: Amazônia.

Quantos hectares de castanha existem no Brasil?

A castanha do Brasil é fruto oleaginoso presente em cerca de 325 milhões de hectares na bacia amazônica, destes 300 milhões de hectares de castanhais se encontram no território nacional amazônico (FAS, 2019b).

Como é a produção de castanha em Portugal?

A produção de castanha em Portugal destaca-se uma lista de produtos com denominação de origem protegida que era composta, em 2012, por 4 referências: A região da Padrela, situada entre Carrazedo de Montenegro, Vila Pouca de Aguiar e Chaves, tem a maior mancha contínua de soutos da Europa, produzindo mais de 12 mil toneladas de castanhas por ano.

Quais são os problemas da castanha do Pará?

O armazenamento e a conservação da castanha do pará constituem os problemas mais importantes para o produtor. Problemas como as aflotoxinas podem comprometer parte da produção e a qualidade final.

Quais são os benefícios das castanhas?

As castanhas são ricas em vitamina E, selênio, magnésio e ômega-9 que agem no sistema nervoso, limpando as toxinas que levam a morte dos neurônios e contribuindo na prevenção de doenças cerebrais degenerativas como Alzheimer e Parkinson. Devido ao alto teor de fósforo e magnésio presentes nas castanhas.

Como Usar castanhas na culinária?

Finalmente, a nutricionista sugere utilizar este fruto na culinária, a acompanhar os assados ou em puré, em pratos de carne e peixe, ou como base para sopas e molhos. Diz ainda que as castanhas “também conferem um sabor bastante agradável às sobremesas, compotas e bolos.”

Por que as castanhas são tão importantes?

A castanha é uma fonte de fibras alimentares (com açúcares de digestão lenta). É, também, rica em fibras e possui uma composição que permite às castanhas gerarem diversos benefícios. Alguns dos benefícios das castanhas já estão implícitos na descrição da sua composição. Entre os diversos benefícios inerentes ao consumo de castanhas, estão:

Quais são as principais características da castanha do Pará?

A castanha do Pará é rica em gorduras saudáveis, principalmente poliinsaturadas e monoinsaturadas, que fornecem energia para o organismo. Além disso, é rica em proteínas e potássio que favorecem também o ganho e a recuperação dos músculos. A tabela a seguir traz a composição nutricional em 100 g de castanha-do-pará:

Postagens relacionadas: