Lubrificante a base de agua

lubrificante a base de agua

Quais os riscos dos lubrificantes à base de água?

Os lubrificantes à base de água podem causar irritação em dor caso haja alguma ferida ou irritação na região íntima. Além disso, essas condições aumentam o risco de uma reação indesejada.

O que é lubrificante à base dágua?

Os lubrificantes à base dágua são produtos de uso tópico e que raramente interagem com medicamentos administrados por via oral. Entretanto, eles podem reagir com medicamentos tópicos aplicados na região genital. Se for o seu caso, procure um médico antes de usar um lubrificante.

Por que usar lubrificantes a base de óleo?

Sim, mas atente-se às indicações da embalagem do produto. Isto porque, de acordo com Larissa, os lubrificantes a base de óleo podem reduzir a eficiência do preservativo, que é a base de látex. “O mais indicado, justamente por isso, é utilizar lubrificantes a base de água.

Qual a diferença entre lubrificantes à base de silicone e água?

Os lubrificantes à base de silicone secam menos rapidamente do que os à base de água. Eles não hidratam, mas substituem as secreções naturais para promover o deslizamento. Você pode usá-los na água, pois o silicone não se dissolve na água.

Quais são os riscos de usar lubrificantes caseiros?

Os lubrificantes íntimos são facilmente encontrados e não são nada caros, então evite usar produtos que você não sabe se são adequados. O uso inadequado de lubrificantes caseiros pode causar alergias e outros problemas dermatológicos. Além disso algumas substâncias podem causar a rotura do preservativo.

Quais são os riscos do óleo lubrificante?

Para se ter uma idéia dos riscos, um litro de óleo lubrificante pode contaminar um milhão de litros de água e inutilizar o solo. O Conama alerta para as substâncias presentes nos óleos e os problemas que ocasionam à saúde, que podem ser desde um mal estar até câncer e má formação do feto. Confira alguns exemplos:

O que é lubrificante à base dágua?

Os lubrificantes à base dágua são produtos de uso tópico e que raramente interagem com medicamentos administrados por via oral. Entretanto, eles podem reagir com medicamentos tópicos aplicados na região genital. Se for o seu caso, procure um médico antes de usar um lubrificante.

Quais são as consequências da manipulação inadequada de óleo lubrificante?

A manipulação inadequada de óleo lubrificante pode trazer sérias conseqüências ao meio ambiente e à saúde das pessoas.

Qual a importância dos aditivos para óleos lubrificantes?

Conhecer os aditivos para óleos lubrificantes é muito importante para quem trabalha com manutenção industrial. Existe uma ampla diversidade de aditivos que podem suplementar os óleos básicos e maximizar os seus resultados no maquinário.

Quais são os melhores lubrificantes?

De acordo com especialistas, a melhor opção são os lubrificantes à base de água, de preferência testados ginecologiamente, hipoalergênicos, sem álcool e sem bactericidas.

Como escolher o melhor lubrificante para o seu carro?

Os lubrificantes, assim como o próprio trabalho de manutenção, precisam ser confiáveis e cumprirem com o seu papel, o que pode ser comprovado em testes de laboratório. E os aditivos são um diferencial decisivo na hora de optar por um lubrificante, seja ele para indústria ou para um carro de passeio.

Qual a diferença entre óleos básicos e aditivos?

Os óleos básicos, sejam eles parafínicos ou naftênicos, representam até 99% da fórmula de um lubrificante de uso industrial, e entre 70% e 90% da mistura dos lubrificantes automotivos. Ou seja, os aditivos, que são diluídos nos óleos, representam sempre uma parte menor na fórmula.

Postagens relacionadas: