Cirurgia metabólica

cirurgia metabólica

Quais são os objetivos da cirurgia metabólica?

Obesidade ( IMC > 30 ), com doenças metabólicas associadas mal controladas (Diabetes tipo 2, dislipidemia ou HTA), com o objectivo simultâneo de redução de peso e controlo da doença metabólica. Deve ter em atenção que é fundamental compreender os riscos e benefícios da cirurgia para perda de peso.

Quais são os fatores de risco da cirurgia metabólica?

A obesidade, dislipidemia (elevação do colesterol e triglicerídeos), hipertensão arterial, histórico familiar da doença ou de diabetes gestacional, e o processo de envelhecimento são os principais fatores de risco. Na cirurgia metabólica ocorre o mesmo procedimento da cirurgia bariátrica.

Qual a diferença entre cirurgia metabólica e bariátrica?

Na cirurgia metabólica ocorre o mesmo procedimento da cirurgia bariátrica. A diferença entre as duas é que a cirurgia metabólica visa o controle da doença. Já a cirurgia bariátrica tem como objetivo a perda de peso, com as metas para contenção das doenças, como o diabetes e hipertensão, em segundo plano.

Qual a melhor cirurgia metabólica para diabetes mellitus tipo 2?

O Conselho Federal de Medicina (CFM) normatizou que a cirurgia metabólica indicada para pacientes com diabetes mellitus tipo 2 se dará, prioritariamente, por bypass gástrico com reconstrução em Y-de-Roux (BGYR). Somente em casos de contraindicação ou desvantagem da BGYR, a gastrectomia vertical (GV) será a opção disponível.

Quais são os benefícios da cirurgia metabólica?

De acordo com os estudos analisados, a cirurgia metabólica é segura e apresenta resultados positivos de curto, médio e longo prazos, diminuindo a mortalidade de origem cardiovascular, conforme demonstram estudos prospectivos pareados com mais de 20 anos de seguimento, séries de casos controlados, além de estudos randomizados e controlados.

Quais são os fatores de risco da cirurgia metabólica?

A obesidade, dislipidemia (elevação do colesterol e triglicerídeos), hipertensão arterial, histórico familiar da doença ou de diabetes gestacional, e o processo de envelhecimento são os principais fatores de risco. Na cirurgia metabólica ocorre o mesmo procedimento da cirurgia bariátrica.

Qual a diferença entre cirurgia metabólica e bariátrica?

Na cirurgia metabólica ocorre o mesmo procedimento da cirurgia bariátrica. A diferença entre as duas é que a cirurgia metabólica visa o controle da doença. Já a cirurgia bariátrica tem como objetivo a perda de peso, com as metas para contenção das doenças, como o diabetes e hipertensão, em segundo plano.

Qual a melhor cirurgia metabólica para diabetes mellitus tipo 2?

O Conselho Federal de Medicina (CFM) normatizou que a cirurgia metabólica indicada para pacientes com diabetes mellitus tipo 2 se dará, prioritariamente, por bypass gástrico com reconstrução em Y-de-Roux (BGYR). Somente em casos de contraindicação ou desvantagem da BGYR, a gastrectomia vertical (GV) será a opção disponível.

Postagens relacionadas: